Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rir e Comer Bolachas

Vamos falar de quê?

Há uns tempos vinha no carro com o meu sr. gajo e apetecia-me conversar. Tentei lembrar-me de algum assunto mas nada, só do tempo e alguma cusquice. Mas queria um assunto diferente, até podia ser fútil, mas não podia ser acerca do frio ou chuva, e muito menos das últimas parvoíces do pessoal do costume. E pensei, pensei, e nada. Até que perguntei "O que estás a pensar?" a ver se a coisa pegava por ali e já tínhamos assunto.

Quando é que me tornei esta pessoa sem assunto? Sem nada para dizer? Passo meses sem ir ao cinema, não posso gastar dinheiro em livros (isto é claramente uma desculpa esfarrapada porque ainda tenho livros por ler), só vejo programas da treta porque tudo me cansa o neurónio e em casa quero mais é vegetar até me dar o sono. Passo horas a jogar Candy Crush e as pessoas com quem trabalho (e passo todos o meu tempo) são tão... digamos diferentes, que dou por mim a ter conversas surreais. É oficial, eu estou a embrutecer. A aparvalhar. Daqui a pouco estou a fazer renda, com uma mantinha nos pés, e a fazer enxoval para os netos. Argh!

Tanto medo.

É um banho de cultura e fatores interessantes para a mesa do meio, fáxavore.

4 comentários

Comentar post