Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rir e Comer Bolachas

Bolacha Maria está de volta...

... Para dizer uns disparates, porque há uns tempos a esta parte, nada de interessante se passa no meu cérebro. Parece que estupidifiquei. Se calhar, foi mesmo isso que aconteceu, já que passar dez horas fechada num cubículo com 12 m2, sem luz natural e rodeiada de gente que faz muita gala em dizer coisas como "chiclate" , "amburga", "óclipal" "rinzes e códrizes", diz que não faz muito pela nossa sanidade mental...

 

E então, só se me ocorrem parvoíces como:

 

* E se eu fechasse a barraca e fosse até Santa Cruz ver o mar?

* E se eu fosse uma mulher de "tomates" e dissesse TU-DO o que penso, sem medos?!

* E se eu eliminasse da minha vida, as pessoas que não me fazem feliz?!

 

Só parvoíces, a minha vida é só parvoíces.

Coisas que me deixam de alma nova

Ontem, o meu marido (que é ateu) levou-me até aqui... Antes disso almoçámos num sitio excelente, e falámos  e rimos à parva.

Eu sou católica, mas o Milagre de Fátima não me diz muito, para ser sincera, até nem me diz nada, mas este sitio é-me muito especial. Eu sei, isto que eu digo é estranho e confuso, porque ah e tal, se não acreditas no Milagre, porque é que esse sitio é especial?! Pois não sei... mas é, fazer o quê?! {#emotions_dlg.sarcastic} Sei é que vim de lá mais leve, mais disposta a ser uma pessoa melhor. Se calhar, amanhã já voltei ao fantástico (mau) feitio de sempre, portantes, olhem é aproveitar!

Já devem ter reparado...

... Que a trocatintas foi de férias {#emotions_dlg.smile}...

 

E eu não fui, mas precisava de ter ido. Além de estar fisicamente a precisar de abrandar, não estou psicologicamente preparada para ficar sem os "pintos" todos de uma só vez, senão vejamos:

- Filhas de férias com o pai.

- "Irfilha" de férias DUAS semanas (não estou a querer ser má lingua nem nada, mas quem é que tira DUAS semanas de férias?! Ainda pra mais sabendo-se tão importante na rotinas das outras pessoas. Não se faz, pá!)

- Sobrinho(s) de férias. Uns com a mãe em Santa Cruz, outro com o pai no algarve (sim, somos uma familia de divorciados e (re)casados{#emotions_dlg.sarcastic}

 

E é isto.

 

Já estamos em Setembro, o mês que por norma começo a traçar objetivos e desafios para o próximo ano (até porque é o mês do meu aniversário e é para mim, assim uma especie de "xau ano velho, olá ano novo!"), mas...

Amanhã, talvez.

Arrependimentos

Toda a gente diz que não se arrepende nada do que fez ao longo da vida, porque ah e tal, serviu de aprendizagem e que fariam tudo igual. Hãhã.

Pois eu cá, arrependo-me de imensas coisas que fiz, atitudes que provoquei, palavras que disse. E se pudesse apagava grande parte.

 

Mas como não é possivel, tento que me sirva de lição e aprenda qualquer coisita, mas infelizmente essa capacidade não me foi dada à nascença e há erros que cometo uma vezes sem conta. E outros que não. Que foram tão grandes que ficaram gravados e dificilmente serão repetidos (era capaz de dizer impossivel, mas é capaz de ser muito forte!)

Assim como as pessoas: há pessoas a quem dou segundas e muitas vezes terceiras e quartas oportunidades, quando não mereciam passar da primeira, e depois há outras a quem fecho a porta definitivamente. Mas quando a fecho, faço-o sem rancor. A sério, é como se a pessoa tivesse morrido.

 

(Não serve de desculpa para post parvos, mas hoje aqui nesta bela Vila onde trabalho, está um cheiro nauseabundo, que nos impede de respirar como deve ser, ninguem sabe a causa, mas fala-se de descargas quimicas no rio. E acho que me afetou o Tico e o Teco, só me apetece falar à parva...)

Socorro! Sou mãe de jovens adultas e...

Não sei brincar a isto, é só o que tenho para dizer.

 

Não sei "deixar o coração ao largo", como me aconselham.

Não sei fingir que sou a mãe "ultra-moderna-que-acha-tudo-normal".

Não sou capaz de aproveitar um domingo descontraído se as minhas filhas estiverem a mais de 10 km de distancia.

Não sou capaz de ficar simplesmente a vê-las "cair" (porque isso é crescer e não podemos fazer nada!) sem ter a tentação de ir a correr, "amortecer-lhes a queda"

E sinto que estou a falhar redondamente como mãe, quando sinto que elas estão a sofrer e que precisam de ajuda e eu não as consigo (nem sei) ajudar...

Bolacha de volta... mas pouco!

"Voltei, voltei de lá (...)" {#emotions_dlg.sarcastic} mas com pouca vontade de escrever. Fui e vim de férias (que foram excelentes, por sinal!) mas continuo sem nada para dizer... Será porque a minha vida é pouco interessante?! Humm...

Fica o ponto de situação:

* Não perdi nem ganhei peso nas férias (porreiro! O ano passado foram mais 2Kg numa semana)

* 15 anos depois, voltei ao "Slide&Splash" e diverti-me à grande

* Cheguei com vontade de mudar 100 coisas na minha vida pessoal e profissional e 24horas depois, já desisti de pelo menos 90... (foquemo-nos nas restantes 10!)

* Descobri que o casamento é facil de gerir até à fase de fazer férias com filhos (jovens) adultos que trabalham, estudam e têm namorados(as) (até ao ano que vem, espero ter encontrado a solução para este quebra-cabeças)

 

Dieta report, by Bolacha Maria #10

Dia  25

 

Estou, desde 4ª feira num Evento (mais propriamente Feira de "Amostras") a "amostrar" o meu trabalho, o que faço na vida. Ora, estou longe de casa, logo as refeições são todas feitas fora, mais propriamente nas barraquinhas existentes no recinto.

Está-se mesmo a ver a desgraceira, certo?!

Ele tem sido sandes de courato (sim, eu ado-ro!), bifanas, caracois, cavacas das Caldas e mais alguma coisa que não me estou a lembrar agora, mas dieta, nem vê-la.

 

Sei que é muita estupidez, valha-me o Senhor, mas...sou fraca. Muito fraca... E a modos que é isto. espero durante a próxima semana voltar ao trilho, mas até lá, não me apetece fazer (mais) sacrificios, já me bastam muitas horas de pé, num pavilhão com muito calor e muito barulho.

E hoje é o meu aniversário de casamento. Vou ali atacar uns caracois e uma "mine", e já venho  :-)

 

Dieta report, by Bolacha Maria #9

{#emotions_dlg.happy}Diz que foi o dia 22...

 

...Mas eu já me perdi um bocado com os dias, talvez porque não estou a seguir à risca o livro. De qualquer forma, o resultado no final da segunda semana é muito bom, perdi 2Kg  e alguns centimetros de abdomen.

Tenho consciência de que poderia ter feito melhor, mas não quis nem quero ser demasiado rigida, porque me conheço, conheço bem o meu corpo e sei que se fizesse isso, ao fim de duas semanas já tinha entrado em desespero e "marchava" tudo o que houvesse em casa... Assim, vai levar mais tempo, mas sei que chego lá.

Aliás, estou a pensar em continuar com a "Fase 2"  até perder todo o peso que necessito...

 

Agora é tempo de fazer algum exercicio. Vou optar pelas caminhadas, porque infelizmente o meu orçamento não permite pagar um ginásio, mas o importante é mexer o rabo e não ficar alapada no meu (confortável) sofá...

 

E se?...

... Alguem te diz que és bonita, o que fazes? Ficas contente, agradeces e pareces um perú em véspera de Natal?...

Não.

Ficas sem jeito, não agradeces e ainda insistes em dizer que não, nunca foste, que disparate!..."Ainda mais agora que pareço a Popota"

 

Uma palavrinha para mim: Duuh!