Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rir e Comer Bolachas

A fauna que se come lá em casa

Estou farta de rir sozinha a lembrar-me de uma das minhas maiores parvoíces!

Há uns anos atrás, às 7 da manhã e ainda sem ter dormido, estava eu e outra pessoa a comer um belo queque de noz numa pastelaria na Ericeira. Eu, já cheia de sono, ia comendo o queque e vendo umas imagens que iam passando na TV - eram umas imagens publicitárias, do concelho, e iam mostrando a flora e a fauna da zona. Nas imagens aparece um ouriço e dá-se a seguinte conversa:

Eu - Olha, que engraçado! Há anos que não via ouriços! A minha irmã é que gostava muito daquilo.

Ele (a olhar para mim, com um ar entre o incrédulo e enojado) - Hã?!

Eu - Sim, ouriços. Um tio nosso costumava grelhar ouriços na brasa. Partiam-se ao meio, acho eu. Era miúda mas lembro-me de ver...

Ele - Que nojo!!! E como é que conseguiam apanhar aquilo?

Eu - Sei lá... Iam à pesca e apanhavam...

Ele- HAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAH

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH

Não são estes ouriços, eram ouriços do mar!!! AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

D' A Livreira Anarquista

Eu já disse que, quando o tempo permite, há alguns blogues que leio, e que, dependendo do estado de espírito ou assunto, os mesmos vão variando. Especialmente pela falta de tempo mas também porque gosto de ler vários post de seguida (tipo livro de crónicas), passo semanas sem visitar o blogue da Livreira Anarquista.

 

Agora, enquanto fazia o lanchinho da praxe e para descansar os olhos,  fui lá meter as leituras em dia, com esperança de rir um bocadinho. Ou sorrir, vá, que raramente rio alto enquanto leio. Mal sabia eu que ia mesmo rir.

Sexta-Feira 13 e a Maldição das Sandálias de Prata

 


Digam lá se isto não é coisa para nos deixar bem dispostos. Isto ou as perguntas dos fregueses que por lá passam!

Oi??

O Dinis não gosta da forma como uma professora trata um colega dele, acha que tem regras para todos menos para aquele que tudo pode... Um caso de favoritismo. Ou ciumeira assanhada. Seja como for, ele diz que o outro se acha "o supra-sumo da barbatana" AHAHAHAHAHAH!

 

Adenda: Ele garante que ouviu-me dizer essa expressão, aliás, segundo ele digo-a "montes de vezes"... Errrr. Não. Nunca disse. Achava-me genial se a tivesse inventado!{#emotions_dlg.sarcastic}