Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rir e Comer Bolachas

Do cinema

À hora de almoço estava a conversar com a Bolacha Maria acerca de idas ao cinema, que se tornam caras, e cada vez mais raras para nós. Pelos vistos, pelos mesmos motivos: combustível, portagens, estacionamento, pipocas, águas, família grandita, refeição a seguir (ou antes) nas imediações. Claro que se pode cortar nas portagens, no estacionamento, pipocas, deixar os putos em casa (ahahahah!) mas não é a mesma coisa!

 

Ainda por cima, parece que já não há aqueles filmes Tcharann, que não se podia esperar para sair em dvd, que era necessário um écran enorme e o som a fazer o coração andar aos pulos... Os filmes agora são todos maizómenos: suficientemente bons para serem vistos no sofá, enquanto passam na tv, mas não o suficiente que me façam perder a cabeça e gastar 30 ou 40 euros com a maralha no cinema.

Há coisas bem mais giras para se fazer, mais baratas e até gratuitas, e o cinema vai ficando para trás...