Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rir e Comer Bolachas

Eu, as férias e as boas decisões que tomo

Era suposto ir de férias em setembro, duas semaninhas antes do início do ano letivo mas chegou-se a altura e eu, apesar de cansada, andava de coração partido e não queria estar em casa a pensar no assunto. Podia sair e divertir-me e tal mas isso funciona é na ficção porque na vida real andava sempre a pensar no mesmo. Entretanto, o cansaço já pedia uns dias em casa e eu marquei uns dias para depois do natal e até à passagem de ano. Entretanto, mudei de ideias outra vez... Eu sei, sou uma canseira. Com viagem marcada para janeiro dá-me jeito trabalhar e não estar a dormir até tarde, conforme sonhei tanto. 

Moral da história: ando tão cansadaaaaaaaaaa e tenho tanto trabalho que até me dá vontade de chorar. Principalmente, quando o despertador toca.

75e93483f5a912e0250286dd7c71af21.jpg

 

Oh que caraças!

Ando cansada. Não descanso enquanto durmo, e durmo imenso. Em duas semanas, em sonhos note-se bem, já vi morrer a minha irmã, o meu irmão (este até tinha dois corpos!), perdi-me no meio de lado nenhum e fui ter a casa de desconhecidos, durante uma noite escura,  andei a varrer migalhas em casa de uma tia que raramente vejo, eu sei lá. Quando acordo só me apetece dormir, e na impossibilidade disso, meter a boca onde sai o café da máquina e ali ficar até me sentir uma pessoa normal.

Tenho a cabeça com uma sensação estranha, não é dor, é como se fosse um peso; tenho duas auréolas pretas à volta dos olhos, parece que me bateram, que levei dois murros nos olhos! Não sei o quê mas preciso de fazer alguma coisa para resolver isto. Por agora, vou verificar as maravilhas da maquilhagem... Mesmo que o efeito visual não seja o melhor, pode ser que eu me sinta gente outra vez.

olheirasimagem retirada do Google Images