Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rir e Comer Bolachas

Dia 5, 6, 7, 8 e uma confissão

No dia 5 fiz o nº 10. Parece uma coisa simples, não parece? Mas eu, com a mania das pressas e de que tenho uma memória de elefante nunca faço isto. Resultado: várias embalagens de um produto e outro qualquer com um restinho que não chega para uma única vez.

Agora posso afirmar que tenho os meus "básicos". O que vem facilitar uma série de coisas por consequencia.

 

Dia 6... O meu dia foi mais ou menos isto: acordei a praguejar e atrasada, fui a correr para o trabalho, vim a correr para casa, fui a correr ver o exame de graduação (taekwondo) da minha criança e vim a correr para casa. Exausta, rabugenta e com fome. Apaguei no sofá até às 5 da manhã, hora em que me fui deitar na cama até ser acordada porque estava (adivinhem) atrasada para almoço na casa dos meus pais. Dia 7. Depois foi passeio com a família, quando regressei à base fiz jantar e abanquei no sofá de seguida. Cansada.

 

Dia 8. Hoje. Agorinha mesmo. Nada.

 

Estou a fazer tempo para serem horas de mandar o miúdo para a cama, caso contrário, ia já. Ando impossível, reconheço. Não sei se é abstinência pela ausência de medicação, se é cansaço, se é falta de paciência, se tudo junto, só sei que ninguém me pode ouvir e, quanto mais me dizem isso, mais revoltada fico. Não estou, de facto, numa fase boa. Ou num dia bom, vá. Espero que passe rapidamente.

 

Amanhã darei continuação ao desafio.