Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rir e Comer Bolachas

Pergunta para queijinho

45792f7a7b02ca4a36d615d87c7b8af1.jpg

 

De cada vez que existe uma possibilidade de algo novo, diferente, que ainda não tenha feito, percorro mentalmente toda a gente que conheço ou já tenha ouvido falar à procura de quem já o tenha feito. Para saber se é possível, se é exequível, se já alguém tentou e conseguiu ou se o plano saiu furado e foi tudo uma grande parvoíce. Parece que só é válido se for alguém à frente, a indicar caminho, a mostrar como se consegue e que é possível. Não sendo assim, não arrisco. Tenho toda uma panóplia de teorias baseadas em experiências que nunca tive, nem nunca vivi, que só servem para atrasar a vida, quer a minha, quer a de quem as ouve.

Se alguém terá que fazer primeiro, porque não eu? Se ainda não foi feito, ou foi feito e deu errado, posso ser eu a fazer da forma que resulta. A existir exceção posso ser eu, certo?