Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rir e Comer Bolachas

Já vejo a luz ao fundo do túnel (só espero que não seja o comboio)

O meu pai vem para casa na próxima sexta-feira. São boas notícias porque houve uma evolução mas espera-o uma longa recuperação, e nem se sabe ao certo se, ou o quê, vai recuperar. Eu rezo para que consiga ser autónomo outra vez, já me dava por muito feliz. Há umas três ou quatro semanas, o tema que ocupava as nossas (minhas e da minha irmã) horas de almoço era a minha mãe, a dificuldade em envelhecer, ou melhor, em convencer-se que está a envelhecer, e de repente, muda tudo. Até nós, filhos e ainda jovens, sabemos que ambos estão a envelhecer mas ainda não nos tinha caído a ficha do que isso implica. Porque a vida é mesmo assim e nós esquecemo-nos - não somos donos do tempo e as "previsões" são inúteis. As preocupações agora são outras, e mais urgentes, não há planos a longo prazo e há que manter a calma para viver a vida dia-a-dia. Parece fácil mas é o mais difícil, pelo menos, para mim, viver apenas o dia de hoje e não estar com o pensamento em ontem, ou no amanhã.

 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.