Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rir e Comer Bolachas

...

Lembro-me perfeitamente que na passagem de ano 2004/2005 pedi fervorosamente que o ano seguinte fosse melhor que o anterior. Na altura a vida como a conhecia estava a mudar tanto, para pior, que precisava que o tempo passasse depressa para chegar a uma fase mais tranquila, embora os anos que viessem a seguir não trouxessem a serenidade pedida.

É curioso olhar agora para trás, quase dez anos depois, e verificar que o pior que se temia não aconteceu, graças a Deus, mas nada ficou igual. Somos todos pessoas diferentes, e as nossas vidas modificaram-se totalmente.

O que se mantém constante em mim é a profissão e local de trabalho, há catorze anos que não muda. Mudei de casa, mudei o estado civil, mudei de atitude, fiquei doente, melhorei, mudei de estado civil e agora posso relaxar um bocadinho. Tenho um filho que a cada dia que passa é menos criança, com mais pêlos (especialmente na venta), por motivos económicos, laborais e logísticos o meu marido é agora meu namorado (não é metáfora, é literalmente assim) e a crise faz com que se respire insegurança a toda a hora mas... Sinto-me finalmente a tranquilizar. Sou feliz. Podia ter mais dinheiro, mais saúde, menos kilos, podia... Mas sou feliz com o que tenho.