Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rir e Comer Bolachas

"Só tens um filho, tens assim tanto que fazer?"

Ontem tinha umas horas programadas para arrumações específicas depois de levar o miúdo ao treino, tinha jantar feito, estava sozinha, parecia o cenário perfeito, não parecia? Pois...

 

Chegou ontem a sapateira nova, que diz que vai trazer ordem e organização e, finalmente, o espaço vazio debaixo da cama. Todos, repito, todos os sapatos de salto alto, sapatos rasos, mocassins, chinelos de quarto, chinelos de praia, chinelos de banho(?), botas de salto alto, botas rasas, botas para a serra, ténis de caminhada, ténis all star, ténis-botas, chuteiras, caneleiras, esponjas e esponjinhas, creme hidratante para calçado, panos-paninhos-e-flanelas e aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaiiiii! Que vontade de chorar!!! Tudo parede fora, encostadinhos à parede em filinha, prontos para serem limpos e arrumados. No chão do quarto havia mais. Olho para cima da cama e roupa para guardar nos armários. Pela cama toda. Se queria dormir, tinha que arrumar, não havia alternativa possível.

 

No quarto do Dinis, a sapateira antiga (que é um móvel IKEA) estava à espera de novas acomodações.

 

O caos.

 

O drama.

 

O horror.

 

Deitei mãos à obra e comecei por procurar o carregador do telemóvel perdido desde quinta-feira passada, porque hoje precisava mesmo dele e não tem bateria há dias. Demorei horas. Sem exagero. Durante esta tarefa entornei o saco do lixo (com restos de comida...), parti uns pés de erva-cidreira (que eram aos montes- 4!) e rasguei uma camisola.

 

Quando me deitei ia já a dormir, certamente. E hoje...ai, hoje! está tudo na mesma, tirando umas roupas que separei e arrumei. Chiuf

6 comentários

Comentar post