Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rir e Comer Bolachas

E é isto.

Ontem, à hora de almoço e depois de uma manhã difícil, a Bolacha Maria deu-me um caderno e disse que era o início de uma nova era, datou e sentenciou que o meu problema é falta de organização. Teria, portanto, a missão de escrever no caderno tudo o que era importante, para não esquecer e desocupar a mente. Ontem foi um dia daqueles em que nos sentimos sozinhos no mundo, que nenhuma palavra é a certa, e sentimos um chuto no rabo de cada vez que alguém se mexe.

 

Hoje, já com a poeira assente, vejo que o vaticínio estava certíssimo, o dia de ontem foi um marco. O dia de hoje foi o mais difícil, por onde começar? As prioridades confundem-se facilmente e eu tenho tendência para me dispersar...

 

Comecei pela caixa de papel: 3 anos de recibos de agua, luz e gás - tudo arrumado em pastas, separados por categorias e por meses. Os recibos necessários à entrega da declaração de IRS estão separados numa pasta, embora ainda por organizar e somar. Guardei os restantes recibos (seguros, tv cabo, net, etc) porque posso continuar noutro dia. Saber quando parar é uma arte. Passei a ferro alguns espécimes de roupa, só para verificar se funciona, se está tudo em ordem... Para segunda-feira continuar. Limpei a cozinha e organizei o frigorífico e congelador. Limpei a casa de banho e destralhei as maquilhagens. Mais de metade no lixo, por validade expirada.

 

O resto do fim de semana é para fazer o que me apetecer, quer seja ver séries até à exaustão ou organizar o quarto do Dinis, a ideia é fazer apenas o que me apetece e não fazer pela culpa de ter tempo livre.

Neste momento, estou a destralhar a cabeça.:)

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.