Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rir e Comer Bolachas

Desorganizada em recuperação - 2º Episódio

Quando meto as mãos na massa, ou seja, quando me decido a praticar tudo aquilo que tenho vindo a aprender em blogs, sites do género, ou até com as fadas do lar que conheço, não sei o que acontece ao tempo mas acabo sempre por conseguir apenas mais do mesmo: o costumeiro lava-passa-esfrega-limpa! É hora de dormir, ou de fazer o jantar, ou de sair de casa, seja lá o que for, não deu para mais.

 

Este fim de semana foi a mesma coisa, o tempo que tinha disponível para limpezas e arrumações foi gasto sem que pudesse ter praticado os segredos de séculos e séculos de experiência. Mas... Não sem antes ter assassinado dois ferros de engomar, 3 capas da tábua, e ter provocado um intenso nevoeiro em casa. Depois de consultar o grande guru da internet, fui limpar o ferro de engomar (que estava preto por ter pegado roupa) com o truque que a graaandeeee maioria recomendou: uma vela! Não tentem isto em casa! O ferro continuou preto, a vela derreteu, o marido veio perguntar-me se estávamos no santuário de Fátima, e as capas da tábua ficaram tesas de tanta cera derretida! E a intenção era tão boa! Queria deixar tudo pronto para poder passar a ferro - era o verdadeiro planeamento de tarefas, estava a sentir-me crescida e responsável...

 

Já comprei um stick supostamente milagroso, que limpou a cera, já não pega na roupa, mas sim, aquilo preto que lá estava, lá continua. Cá para mim foi a cera que fossilizou a coisa...

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.