Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rir e Comer Bolachas

Pessoas:

 

 

Se o cor de rosinha nos pareceu feminino e boa ideia, giro ainda por cima, quando este sítio foi criado, agora já mete nojo! Nojo, também não, caramba! Até tinha um ar cuidadinho e tal, mas pronto, não é o que se pretende. O problema é que não sabemos o que queremos. Sabemos, até sabemos mais ou menos mas não encontrámos ainda. Iremos procurar e fazer deste espaço uma coisa jeitosa.

É só aguardar e não perder a esperança.

A palavra de ordem para 2012

é CORAGEM!

 

Nada melhor que um ano inteirinho para estrear, e mesmo que os dias se repitam da mesma forma, com as mesmas circunstâncias e situações, há sempre aquele sentimento de (re)começar de novo. É como o cheiro de um livro novo, cheio de palavras que ainda não conhecemos. Fazem-se listas de resoluções, promete-se que vamos perder peso, ganhar peso, comer melhor, fazer exercício físico, ser melhor pessoa, enfim... desta é que é! Desta é que mudamos a nossa vida. E a dos outros também. Quando chegamos à Páscoa já nada disto é válido, já os telejornais nos deprimiram, já a realidade nos caiu em cima, já a energia não é a mesma, ansiamos por descanso e adiamos as resoluções para o ano que vier.

 

Que haja coragem, então. Coragem para mudar ou para ficar na mesma, consoante o que nos faz bem; coragem para tentar amanhã, outra vez, se hoje não der certo; coragem para pensar diferente e não seguir o rebanho; coragem para aceitarmos as contrariedades sem deixar de sonhar com dias melhores; coragem para mudarmos de atitude, de opinião, de visual; coragem para nos aceitarmos cheios de erros e lacunas, com uma perna maior que outra e olheiras logo de manhã; coragem para sorrir se nos faltar dinheiro durante o mês.

 

Ter coragem vai fazer toda a diferença! Venha ela.

 

E a vossa palavra qual é?

 

Ai a minha vidinha

Isto de ser mãe é uma emoção, é passar de bestial a besta em segundos, é olhar com desdém para os filhos dos outros e nunca ter o distanciamento suficiente para ver as asneiras dos seus, é amá-los incondicionalmente mas continuar a ter vontade de lhes apertar o pipo até guincharem, e no fim de contas, culparmo-nos pelos erros deles. Porque se não sabem melhor, fomos nós, mães e pais, que não soubemos ensinar.

 

Foi isto que me passou pela cabeça ontem enquanto desancava (verbalmente, entenda-se) o meu gajo de 9 anos.

Então agora a adolescência chega nesta idade?(glup)

Dia 3

- Cheguei 4 minutos mais tarde. Mas cheguei antes dos meus colegas, ahahah!

- Abri a agenda e já escrevinhei as coisas que precisava, e passei os olhos pelo trabalho de ontem para não me esquecer do que tinha ficado para trás.

- Quanto à organização, ontem foi um dia produtivo, está tudo com boa cara e até a secretária está (razoavelmente) arrumadinha. Também não convém estar muito arrumada senão fico sem saber trabalhar...

 

Parece que é desta que cumpro os meus objectivos, hum??

Tema pólémico

Nada como um assunto polémico para iniciar bem o ano:

Ora então, eu como BTI (Bolacha Trabalhadora Independente) se tenho lucro, pago impostos. Se não o fizer, cometi o crime de evasão fiscal. Certo até aqui?...Muito bem.

Mas se for o Sr. Alexandre dos Santos e restante familia (leia-se Pingo Doce, que tanto apregoa o nacionalismo e o produto nacional) chama-se "planeamento fiscal"... Uma palavrinha para eles: Bardam**!"

 

Pois eu já tenho uma forma de protesto: fazer compras no Comercio Tradicional. Sim, eu sei que é ao Recheio (que também é do Grupo JM) que os senhores do Comércio local vão abastecer-se. Mas pelo menos o lucro que tiverem fica cá.

 

`Tou fartinha desta gente, pá!!: pagam miseravelmente por um trabalho precário, e ainda se dão ao luxo de ir guardar os milhões noutro país! Onde é que está a porra da Solidariedade e da Concertação?! Para quem é que fica o "esforço e união de todos os portugueses" para sairmos desta malfadada crise, que por acaso até foi (também) provocada por esta gente?!...

Dass, dass, dass! Já faltou mais para verem a Bolacha Maria e o seu Bolacho, com um cartaz à porta de um qualquer Pingo Doce, com os seguintes dizeres:

 

"Vão roubar para a estrada, masé!" {#emotions_dlg.brrrpt}{#emotions_dlg.brrrpt}

 

Desafio BM dia 33 #

Já passaram 33 dias e eu sem uma única compra! Viva eu, viva eu!

Quando iniciei o desafio, só pensei numa forma de diminuir (ainda mais) as despesas, mas esqueci-me que tinha muito pouca roupa de inverno. Aliás, até tenho bastante roupa de inverno, mas quase toda a roçar o não-tarda-nada-estás-no-lixo. De modos que foi bastante inteligente da minha parte propor-me a isto. Mais: Para reafirmar a inteligência que assola este (pequenino) cérebro, desefiei-me a mim própria a fazer dieta e perder peso... em plena época de aniversários familiares, Natal e Passagem de Ano....{#emotions_dlg.dork}

 

Bom, mas apesar dos pesares, pelo menos uma parte do desafio estou a cumprir, quanto à outra...Vai-se andando.{#emotions_dlg.sarcastic}

Uns dias a comer sopinha da boa, outros a enfardar até mais não.

 

Na sexta-feira passada, não vim aqui deixar o veredicto da balança (os ultimos dias do mês e sobretudo finais de ano, são para mim de muito trabalho), mas não me esqueci e por isso cá vai:

 

Peso: 66.9Kg

 

Nada de novo, portanto.

Dia 2

Desafio falhado por 6 minutos no que toca a chegar atrasada!

Toma lá e embrulha, que isto de ter crianças com chamamentos urgentes e demorados da natureza requer levantar o rabo da cama 20 minutos mais cedo. Pensando melhor, talvez não resolvesse o chamamento da natureza mas ficaria de consciência mais tranquila...

 

Ah... abri a agenda! E anotei mentalmente a lista de compras de supermercado para logo, logo que possa, passo à versão escrita para libertar espaço nesta carola.

 

Agora vou ali organizar o meu trabalho por prioridades e abrandar o ritmo, que isto é para ser feito com calma e não a 1000 à hora, como já estou.

Sou uma besta!

Não vos desejei um excelente ano novo...

foto retirada do google

 

 

Que haja saúde e tranquilidade. O resto que fique por nossa conta.

Que seja o melhor 2012 que pudéssemos ter!