Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rir e Comer Bolachas

The big picture

Eu perco-me nos pormenores e esqueço-me sempre de me distanciar para ver a situação de forma mais abrangente. Perco-me nas pequenas derrotas, nos contratempos, no que gostava de ver já concretizado, no que acho que nunca vou conseguir. Foco-me no que não fiz, no que não tenho e não no percurso feito, perco a noção do que fiz, do que tenho conseguido, ainda que seja pouco.

 

Como andei em negação com o peso durante muito tempo só sei que em Maio do ano passado cheguei a pesar 72,350, das pequenas alterações que foram acontecendo não tenho registo até ao dia 15-04-2013 , data em que iniciei a dieta dos 31 dias. Quinze dias depois, foi o grande  avanço, o período em que me motivei mais (porque a diferença de peso foi grande e  nunca tinha acontecido nada semelhante), depois fui-me queixando que estava sempre na mesma, com diferenças de 100 ou 200 gramas por semana e nunca registei os valores. Ficava só gravado na memória os resultados "inúteis". O que é certo é que as semanas passaram, a roupa deixou de estar tão esticada mas eu continuei a não ver. Por acaso, andei a ver alguns posts antigos e fui apontando as datas em que referi os peso:

 

18-04-2013 - 68,000

06-05-2013 - 65,100

24-05-2013 - 64,900

30-05-2013 - 65,200

14-06-2013 - 66,100

Já era muito bom se tivesse ficado por aqui, certo? Não é que o peso esteja correto mas tem sido uma perda regular, podemos dizer que é saudável assim. Mas não, o peso continuou a descer - hoje tenho 62,2 na balança.

Uau! (E, caramba, eu estava mesmo uma badocha!)

7 comentários

  • Imagem de perfil

    trocatintas 25.10.2013 14:09

    Glup. Grávida e dias antes do parto pesava 62,100 :)
  • Imagem de perfil

    Blog*da*Mary 25.10.2013 14:12

    A sério? Que elegância
    Image


    Então como chegaste aos 72?

    Eu fui para a gravidez com 64...saí de lá com 80...passou um ano e tenho agora uns 63.
  • Imagem de perfil

    trocatintas 25.10.2013 14:17

    Quando engravidei tinha 22 anos e o metabolismo muito acelerado. Nos meses seguintes recuperei o peso que tinha, 52/53 e assim me mantive até deixar de fumar a 1ª vez. Engordei 8 kgs e voltei a fumar. Quando deixei de fumar pela 2ª vez, e espero que última, engordei mais 11 kgs... (Estava a fazer antidepressivos e acredito que também contribuiu muito)
    Deixar de fumar não engorda... O que engorda é descobrir o prazer de comer, depois de deixar de fumar :)
  • Imagem de perfil

    Blog*da*Mary 25.10.2013 14:24

    Pois, eu engravidei já com 33 e como adoro comer...usei a desculpa do "tenho que comer por dois".
    Fumei dos 18 aos 23, mas na altura se engordei nem associei a isso, porque lá está...eu tão depressa tenho 55 como a seguir tenho 65 (são os dois extremos)...eu gosto de ter 59, apesar de também ser baixa, tenho 1.62.


    Também tomei antidepressivos, porque há uns anos atrás a minha mãe morrer de cancro e (segundo um psiquiatra que visitei uma vez) sofria de ansiedade generalizada.
    A verdade é que já lá iam uns 6 (ou mais)anos a tomar isso...e o médico (de família ) não me deixava parar...ou porque vinha o outono (tempo das depressões) ou porque vinham os exames (época da faculdade)...ou porque estava desempregada...ou porque isto e aquilo...há dois meses deixei sozinha. Image

     
  • Imagem de perfil

    trocatintas 25.10.2013 14:35

    Eu sempre tive medo de deixar a medicação, o que é mais de meio caminho andado para me sentir mal após deixar. A médica achou que estava preparada para deixar e duranmte duas semanas não tomei (tinha vindo a reduzir gradualmente) mas não resultou. Voltei a tomar mas, em julho e por outros motivos, deixei de fazer a medicação e sinto-me bem. De qualquer forma, já tenho consulta marcada porque não sou "trapezista sem rede", quero que ela dê o seu aval. Agora, depois de escrito, isto nem sequer faz muito sentido, pois não?:)
  • Imagem de perfil

    Blog*da*Mary 25.10.2013 14:41


    Quando pesquiso na net os sintomas , também fico com eles todos...quando não me lembro ando bem :)
    Aliás, em mim sempre se manifestou a nível físico...enjoos, tonturas etc. Nunca foi a nível emocional , os choros, as tentativas de suicídio e assim...
    Vamos lá ver...para já esta tudo bem.
    E contigo vai estar também...

    Temo é que nos aconteça alguma coisita mais grave e..."pumbas"Image
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.