Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rir e Comer Bolachas

Ainda de ontem

Ontem recebi um mail da minha sobrinha mai nova, que (quando não é brutas como as casinhas ;) ) é um doce de miúda, e que dedicou-se durante a semana passada a fazer de mim uma mulherzinha. Magra. Nem ela sabe onde se meteu! Que tarefa inglória a dela...

O mail era suposto ser de incentivo à dieta, e como lembrete para não comer porcarias, e de caminho ainda me corrigiu a postura corporal e fez-me uma declaração de amor (o nome pode soar um bocadinho estranho mas uma declaração de gostar não existe... E existem várias formas de amor) e massajou-me o ego com várias fotos minhas, com vários cortes de cabelo. Mal sabe ela que, justamente ontem, cortei o cabelo e tenho-o curto outra vez. Sou a paixão de qualquer cabeleireiro, eu sei.

Isto tudo para dizer que adoro de paixão a minha sobrinha. Aliás, adoro as duas. Cada uma à sua maneira e com as suas taras mas são para lá de espetaculares. São mesmo, mesmo, mesmo fixes. Com uma sensibilidade extraordinária e com um sentido de família como já não se vê, o que quer dizer que a minha irmã fez um excelente trabalho e eu ajudei, cof, cof.

 

No fundo, no fundo, ela ficou com medo do que eu disse há dias, quando lhe disse que ela me lembra de mim há uns 10 anos atrás. Aquilo ficou lá a moer e ela pensou "Ai! que daqui a 10 anos vou estar assim...." e então decidiu encarrilar-me. Não vá acontecer-lhe o mesmo. Ahahahahah! Sossega moça, que tu és parecida comigo mas muito melhor.:)

3 comentários

Comentar post