Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rir e Comer Bolachas

Das maiores neuras de que há memória

Esta manhã acordei assim, como se uma nuvem andasse por cima da cabeça e trovejasse muito. Logo hoje que o sol entrava lindo pela janela. Quando saí de casa já se tinha instalado para ficar o dia todo. Odeio estar assim mas não consigo mudar o estado de espírito, só mesmo dormindo outra vez. Quando fico assim, castigo-me. Que querem? É uma espécie de masoquismo. Mal conseguia abrir os olhos com a claridade mas não me apeteceu estrear os meus óculos de sol novos, por exemplo. De todo o trabalho que tenho para fazer, estou a fazer o mais difícil, aqueles complicados a dar para o impossível. Olha, estraga-se só um dia.

Hoje é o que há. Hoje o dia está cinzento só para mim.

1 comentário

Comentar post