Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rir e Comer Bolachas

Fiar

Às vezes a minha vida parece-me um novelo. Existe um fio, um único fio, que dá voltas e voltas, e mais voltas e embrulha-se todo, chegando a fazer nós. Alguns desfazem-se, outros vão-se misturando com as voltas do fio até desaparecerem e o fio continua, e continua, sem se saber ao certo para que finalidade. Nem sempre estou contente com o meu novelo, mas hoje, agora mesmo, sei que não há nada que pague, nem nada tão bom, como entrar na banheira para tomar um banho quente, no conforto da minha banheira, dentro da minha casa, para depois vestir um pijama quentinho, enfiar umas meias nos pés e deitar-me na minha cama. Nem sempre chega, às vezes é tão pouco, mas hoje é mais do que suficiente para me deitar tranquila e contente.

1 comentário

Comentar post